Presidente Gilson Rodrigues recebe representantes do Observatório do Plano Nacional de Educação de Barreiras

Na manhã desta terça-feira, 18, o presidente Gilson Rodrigues, reuniu-se com os representantes do Observatório do Plano Nacional de Educação no Território da Bacia do Rio Grande. Constituído pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Universidade Federal do Oeste Baiano (UFOB), Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB), Instituto Federal da Bahia (IFBA), e Secretaria de Educação, o Observatório  acompanha a Execução dos Planos Municipais de Educação (PME).

O presidente Gilson Rodrigues foi procurado para um diálogo sobre o Plano Municipal de Educação de Barreiras, que está entre os quatro municípios baianos que faltam aprovar o documento, importante para o avanço da Educação. Nele, são estabelecidos os objetivos, metas e ações para um período de dez anos. Com o Plano os municípios também podem solicitar a liberação de recursos por parte do governo federal para serem investidos na Educação, o que garante ainda mais o crescimento da área.

O Observatório, solicitou a parceria da Câmara para que sejam iniciadas as discussões em torno do Plano Municipal de Educação que ainda será encaminhado para a Casa Legislativa para apreciação e votação. Os representantes expuseram a necessidade da rapidez da aprovação do documento e pediram para que participem dos debates junto às Comissões Permanentes.

O presidente Gilson Rodrigues disse que a Câmara de Vereadores vai se empenhar nas discussões sobre o Plano Municipal de Educação e considerou importante a explanação feita pelo Observatório. “É indispensável a participação social no âmbito da Educação e o Observatório do Plano Nacional de Educação no Território da Bacia do Rio Grande precisa se envolver, sim, na Elaboração do PME. Estamos abertos ao diálogo e a participação popular. Consideramos que apenas desta maneira conseguiremos transformar a Câmara em um Legislativo forte e representativo” afirmou.

Participaram da reunião os professores, Roberto Mardem Lucena, Marilde Queiroz Guedes, Dicíola Baqueiro, Maria do Carmo Gomes Ferraz e Marta Maria Silva, representantes da FASB, UNEB e IFBA,  no Observatório.

  • Compartilhe: