Implantação do Projeto Ronda Maria da Penha em Barreiras é debatida em Tribuna Popular

A Câmara de Vereadores recebeu na Tribuna Popular desta quarta-feira, 04, o coronel Paulo Salomão Portugal, comandante do CPRO -Comando de Policiamento Regional do Oeste, e a tenente Nina Marques de Oliveira, que vai coordenar o grupamento Ronda Maria da Penha, em Barreiras. Eles falaram sobre o andamento dos trabalhos para a implantação do projeto.

A Ronda Maria da Penha consiste em uma tropa especializada na prevenção e enfrentamento a violência contra mulher. A atividade principal está na realização de visitas diárias de acompanhamento às mulheres que tiverem a medida protetiva de urgência deferida pela Justiça.

Em Barreiras a Ronda Maria da Penha está subordinada ao Comando de Policiamento Regional do Oeste e o grupamento já está apto a trabalhar. Quatorze policiais participaram de curso de treinamento, além de integrantes do CPRO, 83ª CIPM, 84ª CIPM, assim como membros de instituições de ensino, Defensoria Pública, Ministério Público, CRAM, CRAS, Judiciário, Polícia Civil, e CICOM de Barreiras. A previsão da Polícia Militar é que o projeto seja colocado em prática em novembro.

De acordo com a tenente Nina Marques de Oliveira, hoje, já são feitos alguns atendimentos de acompanhamento de medida protetiva de urgência, por solicitação da justiça. O projeto visa diminuir a violência contra a mulher, uma vez que a Delegacia da Mulher, registra aumento nas estatísticas. Em 2016 foram registrados 435 boletins de violência doméstica contra a mulher. Uma média de 36,25 Boletins de ocorrência por mês. Já em 2017, até o dia 03 deste mês de outubro foram registrados 342 boletins. Uma média de 38 boletins de ocorrência por mês.

Foi uma Tribuna Popular bem participativa onde os vereadores tiraram dúvidas sobre o projeto Ronda Maria da Penha, e parabenizaram a polícia militar pelo trabalho que vai beneficiar muitas pessoas. “A Câmara de Barreiras reconhece a importância desta ação para a comunidade, e por isso, estaremos à disposição para colaborarmos com o que for necessário. Este é um grande passo para a promoção da paz e a felicidade de dezenas de famílias”, afirmou o presidente Gilson Rodrigues.

  • Compartilhe: