Câmara Municipal de Barreiras homenageia os Índios Kiriris pelo seu dia

sessa-22-04

A sessão desta terça-feira (19.04), após leitura do expediente, a Câmara Municipal fez uma homenagem ao Dia do Índio, iniciando com a exibição de um documentário produzido pela TV Câmara de Barreiras Canal 4.1, não apenas para homenageá-los pelo seu dia, mas especialmente para mostrar a real situação da comunidade indígena dos Kiriris residentes no Centro de Treinamentos de Irrigantes da Codevasf – CTI, no município de Barreiras.

O documentário relata sobre os direitos que estão sendo negligenciados pela FUNAI e outros órgãos dos governos nas três esferas (federal, estadual e municipal), que contribuem para a vida em condições desumanas. O grande descaso e abandono, no que se refere a demarcação da terra, aos serviços de saúde, de saneamento, água potável, educação, da valorização da cultura entre outros, foram claramente falado por eles. Sem terras para plantar, nem comida para se alimentar, os índios sobrevivem de doações de cestas básicas dos trabalhos artesanais das mulheres, mesmo sem o devido reconhecimento e valorização de seus trabalhos artísticos.

Em função da ocupação da Tribuna Popular da próxima sessão na quarta-feira (20.04), pela Srª Clarissa Paranhos Guedes, conselheira presidente do Conselho Regional de Psicologia da 3ª Região Oeste da Bahia, onde irá se posicionar sobre os conteúdos de diversidade de gênero, ultimamente abordados nos debates entre os vereadores, após ter sido incluído no projeto do Plano Municipal de Educação, que norteará as ações da educação no município nos próximos 10 anos, a seguir, vereadores solicitaram da Mesa Diretora, convidar todas as gestoras das escolas da rede municipal de educação, bem como representantes de outras instituições para participação na Tribuna.

indio

Nesta sessão, a questão dos serviços prestados pela secretaria municipal de saúde, continua nos debates da Casa Legislativa com grandes críticas sobre a atenção dispensada à população no atendimento da saúde no município. Esperava-se que esta situação mudasse especialmente com a atenção aos serviços básicos, como é o caso do atendimento nos postos de saúde nos bairros, na farmácia básica, as marcações de exames na central de regulação, entre outros. Em tempo o presidente da Casa menciona a falta de transparência não só da secretaria municipal de saúde, mas de outras secretarias do Poder Executivo com a falta de compromisso com a população a respeito do uso dos recursos públicos, o que incentiva o Poder Legislativo a ampliar as ações de fiscalização, denúncias e representações ao Ministério Público sobre as possíveis irregularidades identificadas.

Finalmente os vereadores solicitaram ainda a Mesa Diretora a retirada do Projeto do Poder Executivo sobre reajuste aos vencimentos dos Conselheiros Tutelares para recepção de emendas a fim de garantir maior segurança aos conselheiros nas posteriores administrações do Executivo Municipal. A emenda de grande relevância que os vereadores sugerem é a de que o reajuste destes servidores acompanhe o reajuste anual junto a todos os servidores do município e não mais o regime atual de 4 em 4 anos, bem como a criação de novo Conselho Tutelar, respondendo as exigências da lei federal.

Ascom – Câmara Municipal de Barreiras.

  • Compartilhe: