Câmara de Barreiras se torna o maior centro de debate democrático da cidade

s1

Na última quinta-feira (09/06) a Câmara Municipal de Barreiras mais uma vez se tornou o maior centro de debate democrático da cidade, quando realizou mais uma importante Audiência Pública com a participação de destacadas instituições e a sociedade civil de Barreiras, desta vez com o objetivo de ampliar a discussão sobre o Projeto de Lei 002/2016 de autoria do Prefeito Municipal que pede a aprovação do Plano Municipal de Educação.

O projeto de lei do Plano Municipal de Educação, proveniente do Poder Executivo, é uma política educacional que exige um conjunto de reflexões, claras e objetivas. Haja vista que é o documento principal que norteará as ações da educação municipal para os próximos 10 anos. Portanto, trata-se de um plano que leva em consideração as demandas reais da educação no município, centradas em estratégias e metas com prazos estabelecidos, de curto, médio e longo prazo, de acordo as necessidades locais.

Não se trata de um plano de governo, a ser executando num determinado mandato de prefeito, mas um plano da população e para a população, um plano institucionalizado por meio de Lei Municipal.

s2

A audiência que foi conduzida com determinação e equilíbrio pelo presidente da Câmara, contou com a participação da maioria dos vereadores e de diversos seguimentos da sociedade, a exemplo da Secretaria Municipal de Educação, dos sindicatos que representam os trabalhadores da educação SINPROFE e APLB, do Núcleo Regional de Educação – NRE 11, além da representação da UFOB, UNEB, das Igrejas católica, evangélicas, representantes das religiões de matriz africana, maçonaria, Comissão pela Família do Município de Barreiras, grupo Endireitando o Oeste Baiano e Movimento Feminista.

As galerias da Câmara ficaram lotadas com pessoas da comunidade barreirense que participaram com o objetivo de conhecer o plano e defender a prevalência no mesmo de questões de seu interesse. Todas as autoridades convidadas e todos os populares que desejaram puderam se manifestar.

Foi um momento de debates tenso e caloroso, como o são os grandes debates democráticos e, por força do desejo e da manifestação livre e desimpedida da grande maioria presente, o debate sobre a inclusão ou não de questões relacionadas a gênero acabou dominando os debates da noite.

A partir desta audiência pública o Plano Municipal de Educação continua em tramitação no Legislativo, com previsão de votação agendada para o próximo dia (21/06). O objetivo é garantir a efetividade das estratégias e ações de todas as políticas públicas da educação no município. Assim, espera-se que este projeto seja adequado à responsabilidade com a cultura, com o planejamento científico e sistemático, que envolva os cidadãos barreirenses em seus anseios pessoais e coletivo e que o foco seja a educação de qualidade no município.

Ao encerrar as atividades já na madrugada do dia seguinte, o presidente Tito, que considerou a audiência necessária por proporcionar o debate democrático acerca de um projeto tão relevante, agradeceu o interesse da população barreirense pelo debate, e principalmente por atenderem ao convite da Câmara participando da audiência, tanto aos presentes como aos que acompanharam os trabalhos pela transmissão da Rádio Nova FM. As discussões na íntegra podem ser acompanhadas através da TV Câmara de Barreiras pelo canal 4.1 disponível diariamente.

Ascom – Câmara Municipal de Barreiras

  • Compartilhe: