Câmara de Barreiras aprova ampla reformulação do Plano de Carreira dos seus servidores efetivos

cmb4

Na sessão da terça-feira (28/06), o Projeto de Lei nº. 130/2016, que dispõe sobre alterações no Plano de Cargos e Salários dos Servidores Públicos Efetivos do Poder Legislativo, de autoria da Mesa Diretora, aprovado por unanimidade, foi tema de debate entre os vereadores. Dentre as alterações destacam-se a ampliação da progressão vertical e o incentivo à capacitação dos servidores, consolidando a carreira.

Inicialmente, o presidente Tito anunciou a disponibilidade de um Aplicativo da Câmara Municipal de Barreiras para todos os modelos de celular, no qual todo cidadão poderá acompanhar todas as ações do Poder Legislativo com absoluta transparência e comodidade.

“O cidadão e cidadã agora pode acompanhar todas as ações do Legislativo de Barreiras na palma da sua mão”. Afirmou o presidente.

Ao usarem a Tribuna no grande expediente, vereadores falaram sobre a alta despesa que a prefeitura vai fazer com o dinheiro público para a realização da ExpoAgro Barreiras, com a contratação de várias bandas e artistas para shows.
“O dinheiro que vai ser usado na realização dos shows, deveria ser investido na saúde pública do município e no desenvolvimento da cidade que se encontra no estado de grande atraso em todos os aspectos”. Disse o vereador Lúcio Carlos.

Ainda sobre a ExpoAgro o vereador Gilson Rodrigues lamentou pela perda da característica e pela ausência de potencialização, tornando a tradicional Feira apenas em show e entretenimento. Falou ainda da contradição do uso do dinheiro público em que passa o país.

Já o vereador Eurico Queiroz confirma que é preciso repensar a questão da ExpoAgro, que não se pode negar que ela perdeu seu brilho, mas que deve considerar a dimensão da Bahia Farm Show no município vizinho de Luís Eduardo, mas isso não quer dizer que é preciso acabar com os shows, é preciso repensar para melhorar.

Ainda sobre os eventos realizados na cidade, vereadores falaram sobre a segurança, que um projeto de lei sancionado pelo Executivo, até o memento não foi colocado em prática e o povo continua refém da violência.

A Lei que obriga a contratação do Bombeiro Civil para ação de primeiros socorros em caso de qualquer tipo de acidente, bem como zelar pela prevenção e integridade das pessoas. O próprio gestor municipal que enviou o projeto da contratação dos bombeiros civis, ele mesmo fere a lei e não contrata os bombeiros para os eventos públicos.

Outro assunto que sinaliza problema para população barreirense é a questão do anúncio feito pelo prefeito acerca do transporte coletivo, de que se não houver o aumento da tarifa da passagem vai parar com os serviços públicos do transporte no município.

O presidente Tito congratulou-se com os servidores públicos do Legislativo pela vitória da aprovação do projeto que altera o Plano de Cargos e Salários dizendo que considera os servidores como o patrimônio mais importante do Poder Legislativo, e a aprovação do projeto da Mesa Diretora é uma demonstração clara do fortalecimento da Câmara, bem como para todos os servidores. “Os vereadores não fizeram um favor e sim o cumprimento de garantia mínima, consolidando assim de forma legal e permanente a valorização dos serviços prestados por cada servidor desta Casa”. Frisou o presidente Tito.

Ascom – Câmara Municipal de Barreiras

  • Compartilhe: