Câmara de Barreiras aprova projetos 09 e 10 que alteram o Estatuto dos servidores municipais

Depois de cumprir com o que determina o Regimento Interno da Casa para a tramitação de qualquer proposta de Lei, a Câmara de Vereadores apreciou na noite desta terça-feira, 15, os projetos 09 e 10 de autoria do Executivo que alteram o Estatuto dos servidores civis e do magistério. Com todos os pareceres das Comissões Permanentes e já com o tempo de tramitação finalizados, os projetos seguiram para votação.

Desde que foram protocolados em regime de urgência, urgentíssima, a Câmara de Vereadores ficou impossibilitada de realizar as atividades legislativas. Por duas vezes um grupo de servidores invadiu o prédio, tornando inviável o andamento das sessões. Agora, com rumores de que os trabalhos seriam novamente impedidos com uma nova ocupação, a presidência da Câmara, solicitou ajuda da polícia militar para garantir a realização da sessão e a integridade física do público presente e dos parlamentares.

Durante todo o tempo a polícia militar manteve um comportamento sereno e os trabalhos também aconteceram de forma pacífica, só que mesmo assim, alguns servidores, ligados à diretoria dos sindicatos, causaram dano ao patrimônio da Câmara de Vereadores, e quanto a isso, a presidência vai tomar as medidas cabíveis para que os autores sejam responsabilizados pela ação.

Já o presidente Gilson Rodrigues, conduziu a sessão de maneira tranquila. Comportamento também demonstrado pelo restante da Mesa Diretora e vereadores. A votação foi aberta e os projetos 09 e 10 foram aprovados por 13 votos a favor e 5 conta.

“A Câmara de Vereadores cumpriu com o seu papel. Os projetos seguiram todos os trâmites legais, e cada vereador teve o tempo suficiente para formar o convencimento como deveria votar nas matérias e o conjunto dessa decisão precisa ser respeitado”, afirmou o presidente Gilson Rodrigues.

  • Compartilhe: