Bombeiros civis ocupam Tribuna Popular e pedem cumprimento da Lei 1.203

A Lei 1.203/2016 de autoria do Poder Executivo normatiza as atividades exercidas pelos bombeiros civis, voluntário e municipal e a obrigatoriedade da presença dos profissionais nos estabelecimentos públicos e privados onde haja grande circulação de pessoas, mas apesar de sancionada, a Lei não foi colocada em prática.

Durante ocupação da Tribuna Popular, os bombeiros cobraram o cumprimento da Lei. A diretora executiva da Associação dos Bombeiros Civis de Barreiras, Antônia Flávia Benício Luciano, falou da importância dos profissionais para a cidade, uma vez que trata-se de agentes sociais que trabalham diretamente com prevenção.

O comandante do Corpo de Bombeiros Militar- órgão que controla as ações dos bombeiros civis- também ocupou a Tribuna Popular. O Major José Manoel Lusquinhos Almeida, destacou o papel do bombeiro civil na gestão de segurança, e enfatizou que a operação do sistema deve ser feita pelo profissional. Em Barreiras existem mais de 300 bombeiros civis aptos a exercer a função.

Durante a Tribuna Popular, a Câmara disse que vai unir forças para que a lei seja reconhecida. De acordo com o projeto do Executivo, qualquer área pública ou privada que tenha circulação de mais de 1000 ( um mil) pessoas por dia, devem ser atendidas por bombeiros civis.

  • Compartilhe: