Aprovado projeto que autoriza doação de terreno para Lojas Maçônicas de Barreiras

A Câmara de Barreiras aprovou por unanimidade, o Projeto de Lei nº 020/2019, de autoria do Poder Executivo que pede autorização para doar terreno para Lojas Maçônicas da cidade, dentro da proposta da Política Municipal de Ocupação de Interesse Social. O projeto tem a finalidade específica de viabilizar a construção das sedes as Lojas Maçônicas. Para o Executivo a Maçonaria tem relevantes serviços prestados para a população.

Na justificativa encaminhada à Câmara de Vereadores, o prefeito Zito Barbosa, diz que a Maçonaria desenvolve projetos sociais importantes, agindo, como instrumento de apoio, inclusive, para o Executivo. A área destinada a três Lojas é exclusivamente para atividades de organizações religiosas, filosóficas, associativas ligadas à cultura e a arte.

O objetivo é construir um Templo Maçônico onde vão funcionar as Lojas Mentes Brilhantes, Luzes do Oeste e Cavaleiros das Sete Virtudes, que num mesmo espaço vão trabalhar em conjunto para continuar oferecendo serviços sociais à comunidade, e ampliar o leque de opções. Dentro do projeto arquitetônico está a construção de uma praça pública com parques infantis, e espaço para jovens e idosos, e também há a previsão para a construção de gabinetes para atendimento das pessoas na área da saúde, e um salão de eventos.

A votação do projeto foi acompanhada por membros das Lojas Maçônicas. O presidente Eurico Queiroz, usando a Tribuna, falou da importância do projeto do Executivo. “Quero agradecer e parabenizar o prefeito Zito Barbosa por ter encaminhado à Câmara o Projeto de Lei 020/2019 que faz doação de terreno para as Lojas Maçônicas de Barreiras. Aprovado por unanimidade, já encaminhamos o Projeto para a sanção do Executivo. Eu não tenho nenhuma dúvida que com esse terreno, as Lojas Maçônicas Luzes do Oeste, Cavaleiros das Sete Virtudes e Mentes Brilhantes – com a construção do Palácio Maçônico, vão ter condições de desenvolver um trabalho de muito mais qualidade. Estou muito feliz com isto, pois quem ganha é a população já que as Lojas Maçônicas promovem ações de cunho social, ajudando instituições de caridade e pessoas em situação de vulnerabilidade”, disse o presidente.

  • Compartilhe: